Diretoria Plena define: com Congresso adiado, UBES terá direção provisória

Preocupada com a pandemia do novo coronavírus, Diretoria Plena da entidade cria saídas responsáveis e delibera por direção provisória

Uma nova direção provisória irá conduzir a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas pelo próximo período, até que seja possível realizar com segurança o 43º Congresso da UBES. É isso que definiu a Diretoria Plena da entidade em reunião virtual nesta quinta-feira (6/5), considerando a gravidade do momento atual e a responsabilidade dos estudantes com a vida da população.

A urgência de saúde pública criada pelo novo coronavírus colocou o movimento estudantil em uma situação inédita. Enquanto o presidente da República ainda participava de aglomerações, os secundaristas logo adiaram o 43º Congresso da UBES, que aconteceria de 30 de abril a 3 de maio e elegeria uma nova direção para a entidade. 

Para criar saídas a esta situação institucional, a Diretoria Plena, composta por estudantes de diversos estados, se reuniu virtualmente nesta quinta e avaliou que a saúde deve ser a maior prioridade neste período. Ao reafirmar a defesa do isolamento social, da suspensão das aulas e do adiamento do Enem, os secundaristas consideraram não haver data segura para realização do 43º CONUBES neste momento.

A previsão é que o Congresso da UBES aconteça no segundo semestre de 2021, com a realização de um novo Conselho Nacional de Entidades Gerais até o fim do ano. A direção destacou ainda a importância do isolamento social, da bolsa merenda, do auxílio emergencial às famílias e do adiamento do Enem, medidas defendidas pelos secundaristas desde a chegada do novo coronavírus ao Brasil.

Leia também: 
5 vezes em que estudantes foram mais responsáveis que Bolsonaro na pandemia