Ocupa Brasília contra PEC 55: entidades estudantis convocam encontro para os dias 14 e 15 de novembro

A reunião será decisiva para a articulação de uma caravana nacional que irá até Brasília no dia 29 de novembro, pressionar a votação da PEC 55

Como resposta à onda de retrocessos na Educação do governo ilegítimo de Michel Temer, as entidades estudantis irão realizar um grande encontro na Universidade de Brasília (UnB), nos próximos dias 14 e 15 de novembro. O evento, que é organizado pela UBES, a União Nacional dos Estudantes (UNE) e a Associação Nacional dos Pós Graduandos (ANPG) será determinante para organização de uma nova agenda com os próximos passos de mobilização das entidades. O movimento das ocupações é mais um dos temas que serão discutidos durante a mobilização.

Além dos estudantes que chegaram a ocupar mais de 1000 escolas em todo país, entidades do movimento educacional como o Sinasefe, a PROIFES, a Fasubra, a CNTE e a Contee participarão do encontro e ajudarão a construir o Ocupa Brasília contra a PEC 55.

 Entenda os motivos por que a UBES é contra a PEC 55, antiga PEC 241. 

A reunião, que será aberta a toda a comunidade estudantil, deverá discutir ainda a articulação de uma mobilização nacional no dia 29 de novembro, que construirá uma caravana estudantil até Brasília, para barrar a PEC 55 no Senado.

CARAVANA

No dia em que os estudantes se reunirão em passeata na capital federal, a PEC 55 estará sendo votada, em primeiro turno, no Senado Federal. A diretora de Movimentos Sociais da UBES, Jéssica Lawane explica:

“A ideia é que façamos uma grande passeata no dia 29 de novembro. Estamos nos articulando para dar uma resposta efetiva à MP de reforma do ensino médio, a PEC 55 e a toda conjuntura atual”, esclarece.

Relembre aqui os 6 motivos por que a UBES é contra a MP de reformulação do ensino médio.