#Enem2020: Conselho Nacional de Educação se manifesta pela readequação do exame à realidade do ano letivo

O Ministro da Educação e o presidente do INEP lançaram, no dia 31 de março, o cronograma do Enem 2020. Sem qualquer diálogo prévio com as secretarias estaduais de educação ou com as entidades de representação estudantil, o calendário foi recebido com indignação pelo setor educacional e pelos estudantes diante da pandemia.

Ontem (17), a 12° Vara Cível Federal de São Paulo decidiu pela readequação da prova à realidade do ano letivo. A liminar deferida também dispõe sobre a extensão de 15 dias do prazo para solicitação de isenção da taxa do exame. Assim como os estudantes, que já colheram quase 40 mil assinaturas pelo adiamento do Enem através da petição criada pela UBES e pela UNE, outros órgãos vêm se pronunciando. Confira, no link, a manifestação do CNE sobre o Enem 2020:

https://drive.google.com/file/d/1g563YL0bB4zoH3b497006wcZyVs9VoD9/view?usp=drivesdk