UBES lança campanha por merenda durante a quarentena

Assine o abaixo-assinado para que redes de ensino não interrompam o fornecimento de alimentação para estudantes que precisam

Ficar longe da escola, dos amigos e da rotina já é chato, mas é ainda pior para quem conta com a merenda para a sua alimentação diária – situação de muita gente no Brasil! Por isso, a UBES lança uma campanha e um abaixo-assinado pela garantia da alimentação escolar mesmo com a suspensão das aulas durante a quarentena. 

>>>Assine o abaixo-assinado

Para a entidade, é um momento tão grave que governos, secundas e toda a sociedade precisam voltar sua atenção para atenuar os efeitos da pandemia. Ainda não há definição de quanto tempo estudantes permanecerão afastados das escolas. A recomendação é que estudantes de baixa renda recebam uma bolsa alimentação, como já está acontecendo no Distrito Federal.

UBES na Justiça pela merenda

Na sexta-feira (20/3), a entidade entrou com uma ação civil pública em São Paulo para garantir a oferta da merenda no estado. “Entramos com a ação inicialmente em São Paulo, mas queremos conseguir a jurisprudência para poder levar a mesma medida a todos os estados”, explica o potiguar Pedro Gorki, presidente da entidade que representa todos os secundaristas brasileiros.  

Falta de comida preocupa

A última pesquisa sobre Segurança Alimentar no Brasil, feita pelo IBGE em 2013, mostra uma realidade preocupante: a cada cinco famílias, uma tinha restrições alimentares ou se preocupava com a falta de dinheiro para comprar comida. Naquele ano, eram 15 milhões de famílias nessa situação. Imagina sem a merenda!