Por #AdiaEnem, 15 de maio vai ser dia de luta mais uma vez

Um ano depois dos atos gigantes pela educação, estudantes trocam ruas por redes e anunciam programação virtual em Dia Nacional Pelo Adiamento do Enem

Exatamente um ano depois do “tsunami da educação” de 15 de maio de 2019, nesta sexta UBES, UNE e ANPG realizarão o Dia Nacional Pelo Adiamento do Enem. A diferença é que a aglomeração será online, neste momento em que o Brasil enfrenta tanto a pandemia do novo coronavírus quanto a ineficiência do governo federal

Um ano após revoltar estudantes chamando universidades de “balbúrdia”, desta vez o Ministério da Educação causa indignação ao insistir na manutenção do calendário do Enem, o mesmo planejado antes da pandemia. As inscrições estão abertas para a prova em outubro. (Não deixe de se inscrever, mas a luta pelo adiamento continua!)

Enquanto o ministro Weintraub afirma que todos os estudantes têm as mesmas dificuldades no cenário atual, a presidenta da UBES Rozana Barroso explica que não é assim: “As condições não são iguais mesmo em situações normais. Mas a pandemia agrava demais isso. Nem todo mundo tem livros, computador, internet e um quarto organizado como na propaganda do MEC”.

Aglomeração online

Em respeito à saúde de todos, o ato pelo #AdiaEnem acontecerá virtualmente, neste #15M online. As entidades estudantis organizam lives, conversas e participações especiais para a programação, que deve durar o dia todo. Acompanhe mais novidades e confirmações pelos nossos perfis no Instagram, Twitter e Facebook.

Ainda no ato do dia 15, será empossada a nova gestão da UBES. A entidade seguirá com esta gestão provisória até que possa realizar com segurança seu 43º CONUBES, com eleições para a diretoria, que aconteceria neste mês. Desde a chegada do novo coronavírus ao Brasil, secundaristas têm se preocupado em pautar cuidados pela vida de todas as famílias.

O que já fizemos pelo #AdiaEnem

>>UNE e UBES pedem adiamento do Enem 2020 na Justiça

>>Abaixo-assinado já reúne mais de 1.500 apoios. Assine!

>>Campanha “Sem Aula Sem Enem” ajuda a pressionar deputados, participe