NOTA SOBRE PRONUNCIAMENTO DE JAIR BOLSONARO

Em seu pronunciamento em cadeia de rádio e televisão para todo Brasil, dentre tantos outros absurdos, Bolsonaro afirmou que escolas não precisariam estar fechadas pelo fato de que crianças e jovens estão fora do grupo de risco.

Tal afirmação representa um enorme risco e um crime contra vida da população brasileira, tanto dos mais novos quanto dos idosos. Afinal, há vários casos no mundo de jovens que morreram ou ficaram com sequelas devido à contração do COVID-19, além de serem transmissores que tem contato com pais e avós, justamente no grupo e risco.

Reafirmamos que é fundamental seguir as recomendações de especialistas e da OMS, mantendo todas escolas e universidades com as aulas suspensas. Bolsonaro ultrapassou todos os limites e demonstra não ter condições de liderar o país diante dessa crise. Esperamos que a sensatez e o bom senso prevaleçam, pelo bem das nossas vidas.

Pedro Gorki, presidente da UBES

Iago Montalvão, presidente da UNE

Flavia Calé, presidenta da ANPG