Contra interventores, entidades educacionais pedem reunião com Câmara dos Deputados

Em unidade com outras entidades, a UBES solicita reunião com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, sobre a Medida Provisória 979/2020. Secundaristas, assim como todas as comunidades acadêmicas, têm reagido com muita indignação a publicação do Ministério da Educação nesta quarta, 10 de junho.

A medida suspende processos de consulta para a escolha de reitores e atinge também instituições federais de ensino médio, como as centenas de Institutos Federais, Cefets e colégios como o Pedro II, no Rio de Janeiro.

Na carta para o presidente da Câmara, a UBES e outras entidades estudantis e sindicais lembram que a autonomia das universidades é um direito garantido pelo artigo 207 da Constituição Federal.

Leia a carta na íntegra.