#SeLiga16: vamos mudar o país nas urnas! Tire o seu título de eleitor até 9 de maio

Campanha da UBES, que foi lançada junto com a Constituição de 1988, completa 30 anos

Ei, secunda, se você tem mais de 16 anos, esse é o momento para você se envolver na vida política e ajudar a decidir o futuro do seu país! Neste ano o Brasil terá eleições gerais e você pode participar das mudanças tirando seu título de eleitor até o dia 9 de maio.

O voto é o instrumento da democracia que nos permite frear os retrocessos que vivemos com o atual governo federal e com a falta de representatividade no Senado, Câmara e Assembleias de norte a sul. Por isso, a UBES encampa a campanha Se Liga 16 para conscientizar a juventude brasileira da importância de tirar o título de eleitor e participar das eleições.

A campanha está completando 30 anos e existe desde a promulgação da Constituição de 1988 quando o movimento estudantil coletou assinaturas para que o voto facultativo de jovens entre 16 e 18 anos fosse um direito constitucional previsto na lei.

Pedro Gorki, 17 anos e presidente da entidade, incentiva os jovens nesse sentido. Segundo ele, se a crise do nosso país é uma crise política, não há saída para essa crise fora da política: “Então aos 30 anos da campanha, vamos ocupar as escolas do brasil, para levar o debate sobre a política e principalmente levar o estudante para tirar o título de eleitor e decidir o futuro do nosso país.”

A UBES levará a campanha para as escolas, grupos de juventude e diversos espaços produzindo também uma plataforma eleitoral com as reivindicações dos estudantes secundaristas para os candidatos das eleições de 2018.

Como tirar meu título?

Para tirar seu título de eleitor, você precisa comparecer ao Cartório Eleitoral ao qual pertence a sua residência. Você pode conferir o endereço e tirar outras dúvidas, acessando o site do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de seu estado.

Para os jovens de 16 anos a 18 anos só é preciso levar o RG original e comprovante de residência em nome de um de seus responsáveis (conta de luz, água ou conta bancária, desde que apresente o nome).

Biometria

Os jovens que irão fazer o alistamento eleitoral facultativo já estarão aderindo à identificação biométrica. O novo sistema realiza a identificação do eleitor por meio das impressões digitais. A implementação do recurso está acontecendo aos poucos no país e mesmo nos municípios onde não é obrigatório o uso da biometria, quem for tirar o título já estará se adiantando no novo cadastramento.