Conheça as caras e as ideias da nova Diretoria Executiva

O que você espera para a UBES nos próximos dois anos? Gestão eleita no 42º Congresso da entidade, com jovens de todos os cantos, fala sobre expectativas

Do Rio Grande do Sul ao Rio Grande do Norte, os 13 secundaristas que compõe a nova Diretoria Executiva da UBES vêm de 8 estados diferentes do país. Eles trazem o rosto da população nacional para a gestão da maior entidade secundarista da América Latina. É, inclusive, a primeira vez que estudantes negros compõe 100% da mesa diretora. (presidente, vice-presidente e secretária geral).

Para quem não sabe, cada gestão da UBES dura dois anos e é composta de forma proporcional ao resultado da eleição nos congressos da entidade. No 42º CONUBES, em dezembro de 2017, a chapa 3 (“Secundas em lutas, em defesa da educação e do Brasil”) obteve 83,7% dos votos dos delegados, tendo o potiguar Pedro Gorki à frente para o cargo de presidente.

Conheça quem são os outros secundas que irão representar mais de 40 milhões de estudantes do ensino médio, fundamental, técnico e preparatório do país até 2019.

Leia também:
16 anos, negro, nordestino: Pedro Gorki é o novo presidente da UBES
Em primeira reunião da diretoria, UBES reafirma luta pela democracia
UBES preta! Pela primeira vez, mesa diretora da entidade é 100% negra

Ramon Motta
Vice-Presidente

“Espero que esta seja uma gestão positiva, que conheça a realidade do movimento estudantil secundarista e que possa representar bem todos esses jovens. Espero que todos os estados estejam bem contemplados pela UBES. Nossa principal meta é defender a educação pública de qualidade, especialmente também para os jovens negros e LGBT.”

20 anos
Colégio Estadual Senhor do Bonfim
Salvador (BA)

Perfil no Facebook

Julienne da Silva Ramos
Secretária Geral

“Espero que a UBES consiga se inserir nos diferentes espaços com mais destaque dos estudantes secundaristas, para resistir com mais força aos retrocessos e a conjuntura conservadora que enfrentamos desde o golpe”

22 anos
Estudante de pré-vestibular
Pinheiral (RJ)

Perfil no Facebook

Ericleiton Emidio Matias
Tesoureiro Geral

“Espero que essa gestão possa levar para toda a juventude o mesmo brilho no olho que vemos nos estudantes quando passamos nas escolas para mobilizar. Num tempo em que tanta informação deixa as pessoas mais desinformadas, que o movimento estudantil multiplique sua função de conscientizar e seja mola propulsora de esperança.”

22 anos
Estudante de pré-vestibular
Natal (RN)

Perfil no Facebook

Isabela Queiroz
Diretora de Comunicação

“Não temos a esperar uma maré favorável. Essa gestão promete muita luta, e espero que consiga cumprir o papel de combater o descrédito da política entre a juventude. Para isso, precisamos construir uma gestão cada vez mais conectada com o nosso tempo. Além de resistir aos retrocessos, precisamos reagir a eles. Por isso, o Seminário de Educação será um fórum importante para formular uma contraproposta à reforma do Ensino Médio unilateral de Temer.”

19 anos
Colégio Estadual Amaro Cavalcanti
Rio de Janeiro (RJ)
Perfil no Facebook

Willamy Macedo
Diretor de Políticas Institucionais

“Eu sou do sertão do Ceará, meu estado está há 5 anos em situação de seca. Mas eu vi, nos últimos anos, esse chão árido virar fértil, de conhecimento, pesquisa e oportunidades. Eu acredito que a UBES pode ser determinante na luta para que o povo brasileiro volte a pisar em terra fértil. Somos a geração da esperança e essa esperança regará os frutos que retomarão nossa soberania. Que venha muita resistência e luta!”

19 anos
Estudante de pré-vestibular
Juazeiro do Norte (CE)
Perfil no Facebook

Bruna Helena de Oliveira
Diretora de Relações Internacionais

“A UBES está no secretariado da OCLAE (Organização Continental Latino-Americana dos Estudantes) e neste ano já temos o Congresso da entidade. Espero que a UBES possa mobilizar os secundaristas, não só do Brasil, mas de toda a América Latina, para barrar os retrocessos no continente.”

20 anos
Estudante de pré-vestibular
Belo Horizonte (MG)
Perfil no Facebook

Rozana Barroso
Diretora de Escolas Técnicas

“Tenho a expectativa de que a UBES organize cada vez mais os secundaristas para lutar contra os cortes nas escolas técnicas e contra os retrocessos do Brasil. Nessa gestão espero que seja realizado o maior ENET (Encontro Nacional de Estudantes de Escolas Técnicas) da história do movimento estudantil.”

18 anos
Faetec João Barcelos Martins
Campo dos Goytacazes (RJ)
Perfil no Facebook

Angelo Márcio
Diretor de Grêmios

“Espero que seja uma gestão muito combativa, de luta, com muita movimentação, que possa ouvir os anseios da estudantada de todo o país em defesa da educação pública, de qualidade para todos e da democracia. Acho que a gente pode dar uma resposta com um projeto educacional que o nosso país precisa.”

18 anos
Colégio João Costa
Aracaju (SE)
Perfil no Facebook

Maria Clara Arruda
Diretora de Mulheres

“Espero que a UBES consiga construir o melhor debate educacional para os secundaristas e desenvolver a centralidade da luta, dando as diretrizes aos grêmios. E também espero que essa gestão possa articular as mulheres para que a gente possa fazer uma grande campanha nas escolas contra o machismo, desenvolver os encontros e os coletivos feministas nas escolas”.

18 anos
Escola Estadual Floriano Cavalcanti
Natal (RN)
Perfil no Facebook

Matheus Viana
Diretor de Políticas Educacionais

“Eu espero que, nessa gestão, a gente consiga fazer uma intervenção de muita qualidade tanto no Fórum Popular de Educação como na Conferência Nacional Popular de Educação. É fundamental estar realmente nas escolas, discutindo a educação brasileira com os estudantes, principalmente os negros, as mulheres, os LGBT, para construir um ensino com ambiente muito mais diverso.”

18 anos
Colégio Estadual Professor Rômulo de Almeida
Salvador (BA)
Perfil no Facebook

Evandro José da Silva
1º Vice-Presidente

“Espero que essa gestão seja combativa e que esteja à frente da luta dos estudantes, principalmente contra as reformas. Espero que seja um período de mobilização dos estudantes do norte ao sul do país.”

23 anos
Instituto Federal de Pernambuco
Recife (PE)

Marcos Adriano Prestes
1º Diretor de Grêmios

“Tenho a expectativa de que a gente possa alavancar ainda mais a luta dos jovens brasileiros em torno de um projeto que possa emancipar o nosso povo. Que a gente possa derrotar esses obstáculos que tem se apresentado com as reformas. Isso que tem sido a motivação para topar o desafio e estar à frente dessa luta.”

21 anos
Estudante de pré-vestibular
Porto Alegre (RS)
Perfil no Facebook

Bruna Santos
Diretora de Movimentos Sociais

“Acredito que essa gestão será de muita luta como foi a anterior. Continuaremos com uma conjuntura difícil e 2018 vai exigir muito da UBES. Vamos ter jornadas de lutas, Fórum Social Mundial, o Congresso do Povo, além dos encontros secundaristas. Por isso, temos que continuar firmes nessa luta para derrotar o governo golpista e mobilizar os secundas de todo o Brasil, seja do campo ou da periferia.”

18 anos
Estudante de pré-vestibular
Estância (SE)
Perfil no Facebook