Nota de repúdio à interferência autoritária do MEC no processo eleitoral para reitoria no IFBaiano

UBES denuncia nomeação de reitor rejeitado pelo processo eleitoral do Instituto Federal

Diante do cenário político que estamos vivendo atualmente com o desrespeito a nossa constituição, que tenta deslegitimar a democracia do nosso país, a União Brasileira de Estudantes Secundaristas – UBES, como entidade de representação nacional, não compactuará de atitudes antidemocráticas e injustas no que se refere a Educação brasileira.

Sendo assim, viemos por meio desta repudiar as ações ilegítimas do processo eleitoral para Reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano realizado para ser cumprido no período de 2018 à 2022, assim como a decisão do Ministério da Educação pela nomeação de Geovane Nascimento como reitor pró-tempore, uma vez que o mesmo teve seus projetos políticos rejeitados no pleito eleitoral do IF Baiano. O referido processo eleitoral resultou na não nomeação do Reitor eleito democraticamente Aécio José Araújo Passos Duarte.

Na ocasião, queremos deixar nosso apoio aos estudantes do IF Baiano e principalmente aos grêmios estudantis que estão reivindicando a saída de Geovane Nascimento do cargo de Reitor pró-tempore e exigindo a nomeação e posse do Reitor eleito democraticamente Aécio José Araújo Passos Duarte.