Como fazer parte do Encontro Nacional de Grêmios em Salvador? Tire suas dúvidas

Veja a resposta para 10 perguntas sobre o 4º ENG, o grande encontro da resistência secundarista em 2019

O Encontro Nacional de Grêmios reúne milhares de secundaristas de todo o Brasil para trocar experiências e traçar os rumos do movimento estudantil.

Nesta quarta edição, entre 6 e 10 de fevereiro de 2019, o encontro de grêmios é ainda mais especial pois definirá a resistência frente a um cenário nacional com muitas ameaças à educação pública.

Além disso, tem uma inovação em relação aos encontros anteriores: pela primeira vez, acontece unificado com a Bienal da UNE, agora Festival dos Estudantes.

Confira todos os detalhes e faça sua inscrição!

1- Não faço parte de nenhum grêmio, posso participar do encontro?

Sim! Todo estudante secundarista é convidado para o encontro. Ou seja, qualquer pessoa matriculada no ensino fundamental, médio ou pré-vestibular.

Basta se inscrever neste site: inscricao.encontrodegremios.org.br

2- Faço parte de um grêmio, como cadastrá-lo para o encontro?

Faça o cadastro, no nome de pelo menos três representantes, por meio do site: encontrodegremios.org.br

Se precisar de ajuda, veja o passo a passo aqui.

Isso garante que seu grêmio integre o encontro e esteja participando ativamente da UBES.

3- Já cadastrei meu grêmio, minha participação está confirmada?

Não. Todos os participantes, gremistas cadastrados ou não, precisam efetuar inscrição e pagar a taxa no site: inscricao.encontrodegremios.org.br

4- A que tenho direito com o pagamento da inscrição?

Além de toda programação do 4º ENG e 11º Bienal – Festival dos Estudantes, a inscrição garante pelos cinco dias: café da manhã, almoço, alojamento e transporte interno – ou seja, entre o alojamento e os locais das atividades.

5- Quem for para o 4º ENG poderá participar das atividades da 11º Bienal da UNE – Festival dos Estudantes?

Sim, as atividades serão integradas, de 6 a 10 de fevereiro, com inscrição unificada.

O ENG acontecerá dentro da Bienal, agora ampliada para Festival dos Estudantes.

Secundaristas estão convidados a inscrever trabalhos artísticos nas mostras selecionadas e participar de todas as atrações, oficinas e encontros da Bienal.

6- Como faço para chegar da minha cidade a Salvador?

O trâmite até a cidade do evento fica por responsabilidade de cada participante. Para auxiliar, caravanas são organizadas pelas entidades estudantis de cada estado. Entre em contato com a UBES para saber qual a entidade do seu estado.

7- O que devo levar para esta viagem?

Barraca para dormir, saco de dormir ou colchão, cobertor, objetos de higiene pessoal, roupas apropriadas para o clima quente de Salvador (e um casaco para o ar-condicionado!). Não esqueça um documento de identificação com foto.

8- Para que serve o Encontro Nacional de Grêmios?

Para troca de experiências e opiniões sobre os rumos do movimento estudantil entre milhares de secundaristas de todos os cantos. O tema central desta edição é “A organização estudantil na resistência democrática”.

9- Quais são as atividades?

Mesas de Discussão com participação de ativistas, gestores e acadêmicos, além de milhares de secundaristas do Brasil todo.

Além disso, haverá as atrações artísticas da 11º Bienal da UNE – Festival dos Estudantes, com presença confirmada do homenageado Gilberto Gil.

Em breve será divulgada a programação detalhada.

10- O que este Encontro Nacional de Grêmios tem de novo, em relação ao último ENG, em 2016?

Pela primeira vez, o ENG será integrado à Bienal da UNE, agora transformada em Festival dos Estudantes. Ou seja, os secundaristas participarão dos dois eventos com uma inscrição unificada.

As mudanças aconteceram para fortalecer a resistência estudantil frente a um cenário de ameaças à escola e universidade pública.

Por isso o tema do ENG, assim como do Conselho Nacional de Entidades de Base da UNE e o Encontro Nacional de Pós-Graduandos da ANPG, que acontecem paralelamente, também na Universidade Federal da Bahia, é  “A organização estudantil na resistência democrática”.