ARTIGO: Aos estudantes secundaristas

Pedro Gorki, presidente da UBES, cumprimenta cada secunda que constrói a UBES há 70 anos: "Se tem uma coisa que não nos cabe é a solidão"

* Por Pedro Lucas Gorki, presidente da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas

Hoje é o dia em que nós completamos 70 anos. Hoje é o dia em que de Norte a Sul, rejuvenescemos mais um pouco. Hoje é o dia em que a UBES marca 7 décadas em defesa da liberdade.

Quero conversar hoje com cada estudante, cada secunda, cada menino e menina que como diria o Maiakovski, é feito e feita metade de sonhos e metade de lutas.

Sentimos na pele o desafio que é ter um Brasil gigante a ser conquistado.

Todos os dias acordamos e nos indignamos com um Brasil que não nos cabe, com uma escola que não nos cabe. Brigamos por nossos direitos, ocupamos pela nossa merenda, nos organizamos para ter não só na nossa, mas em todas as escolas, um espaço de libertação e emancipação pra nós e nosso País.

A nós, não cabe uma escola que não seja atrativa, a nós não cabe uma escola que não semeie nos “corações de estudante” a esperança na construção de um novo e melhor país.

Mas se tem uma coisa que com certeza não nos cabe é a solidão. Olhamos para o lado e vemos uma multidão de jovens que assim como eu e você projetam na luta não apenas uma necessidade, não apenas uma vontade que vem de dentro do peito… Vemos na luta a alegria para continuar existindo e resistindo.

Afinal, após conhecermos a luta pela transformação da vida das pessoas, após conhecer a luta pela transformação da educação das pessoas, não conseguimos acordar, respirar e viver sem se indignar frente às injustiças. Sem sentir a felicidade de ser parte de um movimento que se dispõe a conquistar corações e mentes até que se acabe essa indignação, por já termos vencido todas as injustiças.

Sabemos que essa luta não é fácil, mas nos agarramos uns aos outros pelas mãos, pés, cabelos, ombros e nos chamamos camaradas. Compartilhamos uns com os outros o pão, o ar e a vontade de mudar as coisas.

Há 70 anos somos assim, uma grande família, uma grande nação feita por jovens que querem acima de tudo dignidade, que querem acima de tudo uma escola pública, gratuita, universal, de qualidade. Uma escola que seja linha de frente na transformação total de uma sociedade machista, racista, LGBTfóbica e que mata e escraviza o povo pobre todos os dias.

Nós, secundaristas, somos expoentes do Brasil que queremos. Nós somos projeções de lutas passadas e futuras.

Somos argamassa para construção do Brasil que sonhamos.

Sabemos como é duro sermos tão jovens com tantos desafios, com tantos inimigos que não querem ver consciência no povo brasileiro, mas matamos essa bola no peito e topamos qualquer parada.

Somos os frutos de uma primavera que floresceu e floresce no peito do jovem brasileiro.

Não aceitamos migalhas, por isso ocuparemos tudo pra conquistar e garantir direitos.

E sabemos que, sonhando junto, transformamos esse sonho em realidade.

Hoje o megafone dos anseios de todos esses estudantes, o megafone da voz de todos esses jovens completa 70 anos em defesa da liberdade do Brasil.

Parabéns à UBES, parabéns principalmente a cada secunda que constrói a ferro e fogo a história dessa entidade que não foge da raia a troco de nada.

Somos gigantes quando estamos juntos! ❤✊🏾