Artigo: A escola que queremos não é um sonho

Pedro Gorki, presidente da UBES, convoca para o Seminário de Educação: "Precisamos ter o nosso projeto para defender e seguir adiante"

Por Pedro Gorki, presidente da UBES*

A escola que queremos construir é muito diferente dessa que está sofrendo os ataques e golpes contra a área da Educação. A escola que queremos construir tem financiamento, um currículo que colabora com a emancipação humana e nos torna seres críticos, livres e que defendem a Democracia.

Se você está lendo isso, é porque também tem este ideal, também confia no potencial da nossa juventude e acredita que podemos ir além, se nós, os estudantes de hoje, assim como as gerações futuras, tivermos oportunidade de formação digna. Nada mais que o nosso direito, afinal. Isto não é um sonho. É uma garantia da Constituição Brasileira.

Sabendo que a escola que queremos é possível, precisamos desenhar os caminhos para ela. Por isso preparamos o Seminário Nacional de Educação da UBES “Construindo Nossa Escola”: para estudar, compreender e, principalmente, formular políticas públicas capazes de colocar o projeto de pé.

Os passos para uma educação pública de qualidade já estão em um Projeto de Lei, o Plano Nacional de Educação (PNE), que conquistamos em 2014. Infelizmente, as 20 metas do documento não têm sido prioridade para o governo atual que usurpou o poder com o golpe parlamentar-político-midiático de 2016, ao retirar Dilma Rousseff da presidência sem crime de responsabilidade.

Hoje está claro que a Educação não é importante para os golpistas. Michel Temer congelou as verbas da área por 20 anos, com a PEC “do fim do mundo” (hoje EC 95), colocou uma reforma do Ensino Médio autoritária e antidemocrática, com a Medida Provisória 746, e vetou prioridade para o PNE no orçamento de 2018.

Se a ruptura democrática prejudicou o ensino público, não há melhor momento para pensar em como recuperá-lo do que às vésperas de novas eleições. Precisamos ter a nossa plataforma, um projeto que contemple a juventude, para defender e seguir adiante.

A apostila Construindo a Nossa Escola nos ajudar a compreender os desafios, políticas públicas e projetos em pauta e, a partir disso, formular sobre todos esses temas. Então bora estudar, refletir, discutir e construir um projeto nosso. Nos vemos nos Grupos de Trabalhos e atividades do seminário.

Até lá e bom encontro!

* Editorial originalmente publicado na Apostila do Participante Construindo a Nossa Escola