#tbt 2017: Doze meses de resistência e Fora Temer

Venha relembrar o protagonismo dos secundas de janeiro à dezembro

Ninguém dirá que foi um ano fácil. Em 2017, o Brasil sofreu uma série de ataques aos direitos sociais, com reforma trabalhista, lei da terceirização, proposta de reforma da previdência. Intenso, sim. Os secundaristas não deixaram a linha de frente da resistência, seja em jornadas de lutas, em mobilização nas ruas, nas escolas, em Brasília. Sem falar dos encontros com gente de todo país que uniram o movimento estudantil. Relembre:

Janeiro

2017 chegou chegando, com o 1º Encontro LGBT da UBES, em Fortaleza (CE), no dia 30. O evento inédito reuniu centenas de jovens para celebrar a diversidade sexual e discutir possíveis soluções contra a intolerância dentro e fora da escola.

Veja mais!

Fevereiro

O 3º Encontro Nacional de Grêmios terminou no dia 1º de fevereiro com mais de mil grêmios unificados em luta. Passaram pelo evento em Fortaleza convidados como Fernando Haddad, Ana Júlia Ribeiro, Flávio Renegado e Tico Santa Cruz.

Veja mais!

Março

“M” de março, “m” de mobilização. Neste mês agitado, de jornadas de lutas em referência ao estudante Edson Luís, as datas de luta contra as reformas da previdência, do ensino médio e trabalhista ficaram conhecidas como 8m (Dia da Mulher), 15m (Greve Geral contra Reforma da Previdência) e 31m (Dia Nacional de Mobilização).

Abril

“Apenas” a maior greve no Brasil desde 1989, superando 35 mil envolvidos, aconteceu em 28 de abril. Graças à união de trabalhadores, estudantes e movimentos sociais, que pediam Diretas Já e o fim das reformas trabalhista, da previdência e do ensino médio.

Leia mais

Maio

O Brasil balançou com o Ocupa Brasília de 24 de maio, logo depois de serem reveladas provas de corrupção contra Michel Temer. No Rio de Janeiro, estudantes começavam sua luta contra cortes no Passe Livre.

Leia mais

Junho

A #GrevePorDireitos, em 30 de junho, teve proporção nacional e mostrou unidade pelas Diretas Já.

Leia!

Julho


Para conscientizar a sociedade sobre os riscos das reformas de Temer, a UBES lançou uma campanha em vídeo impactante. Em São Paulo, a juventude resistia contra cortes no Passe Livre.

Leia mais

Agosto

Mês do Estudante, comemorado no dia de 11. A Jornada de Lutas pelo Brasil aconteceu dia 17. No dia 28, a UBES e o cantor Chico César lançaram o clipe da música “Mel da Mocidade”, que ele compôs em homenagem ao movimento secundarista. Emocionante!

Leia mais

Setembro

O 4º Encontro de Mulheres Estudante, em São Paulo, promoveu união e valorização de meninas de todo Brasil, em São Paulo, no dia 7. A cidade também recebeu em seguida o 16º Conselho Nacional de Entidades Gerais (Coneg), com mais de 500 lideranças secundaristas.

Leia sobre o evento

Outubro

Meia entrada é direito regularizado por lei de 2013. Para valorizar esta conquista, a UBES lançou uma campanha de vídeos que demonstra a importância do Documento do Estudante no dia a dia e na formação dos estudantes.

Leia mais

Novembro

Maior encontro de secundarista da América Latina, o 42º Congresso da UBES reuniu mais de 7 mil estudantes de todos os cantos do país em Goiânia, a partir de 29 de novembro. Teve a pré-estreia do filme Primavera, 10 mesas de debate e atividades culturais, como show da Karol Conká.

Veja como foi

Dezembro

Milhares de jovens brasileiros tomaram o centro de Goiânia contra o projeto Escola Sem Partido no dia 1º de dezembro. Depois, a plenária do 42º UBES elegeu para os próximos dois anos o presidente mais jovem da entidade: o potiguar Pedro Gorki, de 16 anos.

Veja passeata contra Lei da Mordaça
Leia mais sobre Pedro Gorki