Programação do 65º CONEG da UNE fortalece luta contra reformas de Temer

Encontro de lideranças universitárias do Brasil todo acontece em São Paulo entre esta sexta (17) e domingo (19)

Foto: Dani Rebello

Após a grande adesão da população do país às manifestações do último dia 15 de março, a União Nacional dos Estudantes reúne lideranças do movimento estudantil de todos os estados, em São Paulo, para intensificar as mobilizações contra as reformas de Michel Temer e os retrocessos na área da educação pública. O Conselho Nacional de Entidades Gerais (Coneg) reúne cerca de mil representantes de mais de 500 entidades estudantis, dentre elas Diretórios Centrais dos Estudantes (DCEs), Uniões Estaduais de Estudantes (UEEs) e Executivas Nacionais de cursos, a partir desta sexta-feira (17), na Faculdade Zumbi dos Palmares.

O encontro servirá para definir as estratégias e ações dos estudantes nos próximos meses, com o acirramento dos protestos contra o governo e a votação da reforma da previdência e reforma trabalhista.

“Esse Coneg servirá para preparar a ofensiva de resistência dentro das universidades e nas ruas. Após o 15 de março, ficou evidente que a grande maioria das brasileiras e brasileiros não querem essas reformas e não querem perder nenhum direito. Se os estudantes tomarem as ruas, Temer não conseguirá aprovar essas medidas.”, afirma Carina Vitral, presidenta da UNE.

Ela participa de um debate sobre as reformas, a partir das 17h, ao lado de Carlos Gabas, ex-ministro da Previdência de Dilma Rousseff, Adilson Araújo, presidente da CTB (Central das Trabalhadoras e Trabalhadores do Brasil) Cezar Britto, ex-presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e representantes do movimento social.

Já no sábado (18) a programação é voltada para o tema da educação e a crise nas universidades do país. Entre os convidados da UNE estão Margarida Salomão (Deputada Federal pelo PT de Minas Gerais), Eduardo Antonio Modena (Reitor do Instituto Federal São Paulo-IFSP) e Roberto Leher (Reitor da Universidade Federal do Rio de Janeiro-UFRJ).

O Coneg também inclui grupos de discussão sobre diversos temas como autonomia do ensino superior, financiamento e democratização do acesso. No domingo (19) acontece a plenária final do encontro, quando a UNE lançará o seu próximo Congresso Nacional, ainda neste primeiro semestre.

O Congresso da UNE é o maior encontro político da juventude no Brasil e deverá reunir mais de 5 mil estudantes. No encontro será eleita a próxima presidência da entidade e traçados os rumos de suas ações no próximo período.

Zumbi, espaço de luta e resistência

O 65º Coneg da UNE acontece na Faculdade Zumbi dos Palmares um espaço aberto de discussões dos mais variados temas progressistas. Criada em 2000, foi a primeira faculdade idealizada por negros, tendo como foco a cultura, a história e os valores da negritude. É uma instituição Comunitária, sem fins lucrativos onde 90% dos alunos são negros auto-declarados. É também a única instituição de ensino superior voltada para a inclusão do negro, na América Latina. A faculdade tem, na matriz curricular de seus cursos, o compromisso com a implantação da lei 10.639/2003 que institui como obrigatório o ensino de História da África e Afrobrasileira em todos os níveis. Isso garante que os estudantes dos diversos cursos tenham a consciência do seu protagonismo na história. http://www.zumbidospalmares.edu.br

Confira a programação completa do 65º Coneg