Evento colaborativo incentiva arte na sede das entidades

Um dos mais emblemáticos locais da movimentação estudantil está de cara nova. No último domingo (8/10), a sede da UBES ( União Brasileira dos Estudantes Secundaristas), UPES ( União Paulista dos Estudantes Secundaristas), UNE (União Nacional dos Estudantes), UEE-SP ( União Estadual dos Estudantes de SP) e ANPG ( Associação Nacional de Pós-Graduandos), em São Paulo, recebeu 10 horas seguidas de atividades culturais organizadas colaborativamente.

Além de batalha de rimas, apresentações, exposição de artesanato e flashday de tatuagem, esta edição do evento Quintesia contou com um grafitaço com vários artistas, que renovou a estética da sede.

 

Esse espaço na Vila Mariana, que já recebeu saraus, assembleias, manifestações, aulas públicas passa por transformações constantes e as diretorias das organizações, somadas ao CUCA (Circuito Universitário de Cultura e Arte) da UNE e o CUCA SP criaram o evento, para reformular visualmente o local, a partir da conjuntura atual das lutas estudantis e sociais, e apresentá-lo como um centro de encontro divulgação de arte e integração.

“O movimento estudantil tem a tradição de fomento e difusão da cultura ao longo de sua trajetória. Reunir nesse evento, na sede das organizações de estudantes, os artistas de rua, em um momento como esse, em que se apagam grafites na rua, há ameaça de privatização dos patrimônios públicos e espaços culturais, é bastante simbólico, uma vez que a arte novamente surge como resistência política”, afirma Camila Ribeiro, coordenadora do CUCA da UNE.

Fotos: Nataly Fernandaes, Angela Helena e Amanda Macedo