Vitória secundarista: após pressão estudantil, Estadual Central é reinaugurado em MG

Para presidenta do grêmio do Estadual Central, "a pressão e mobilização dos estudantes" foi essencial para a entrega da reforma do colégio

FOTO: Lucas Prates/Hoje em Dia

Mais uma conquista do movimento estudantil secundarista foi concretizada: a restauração da Escola Estadual Milton Campos, localizada no estado de Minas Gerais. O colégio passa por reformas desde o ano de 2013 e nessa quarta-feira (22/06) foi reinaugurado numa cerimônia formal, que contou com a presença  de estudantes, além do Governador do Estado, Fernando Pimentel e a Secretária da Educação, Macaé Evaristo.

Mobilizados, os secundas  têm promovido debates sobre a democracia e organizaram ainda, um comitê pela defesa do sistema. Presidenta do Grêmio Abre Alas do Estadual Central, Bruna Helena enfatiza a importância da articulação estudantil para as pautas que envolvem o ambiente escolar. “Nós nos mobilizados durante muito tempo e pressionamos o estado para uma escola de qualidade para todos. Fizemos atos e paralisações e finalmente tivemos nossa conquista!”, comemorou.

A restruturação buscou preservar os aspectos originais da escola, projetada pelo  arquiteto Oscar Niemeyer, e inclui a construção de vestiários e laboratórios de química e ciências. Houve ainda, melhorias no quesito de acessibilidade e a adesão de um novo sistema de ar condicionado e som para o auditório do instituto de ensino.