Secundas aproveitam festas juninas para reforçar lutas do movimento estudantil

Eventos contam com rodas de conversa e oficinas que promovem engajamento político

Secundaristas e entidades estudantis se reúnem nessa sexta-feira (17) no estado da Bahia para realizar o Arraiá Maria Bonita. Com debates, oficinas, entrada e comida gratuitas, o evento promove empoderamento feminino levando a desconstrução do machismo à comunidade estudantil.

Organizada pela Associação Soteropolitana dos Estudantes Secundaristas (USES) e pela Associação Baiana Estudantil Secundarista (ABES), a festa acontece no Colégio Central da Bahia, localizado em Salvador. Na programação estão previstos ainda apresentações culturais e discussões a partir da ótica feminista.

Presidenta da USES, Rafaela Alencar, enfatiza o tema do encontro estudantil: “Vamos falar sobre as mulheres nos espaços de poder e da violência que enfrentamos em nossa sociedade. Queremos chamar os meninos para construir conosco esse debate”, convidou.

Arraiá das Ocupações

No Mato Grosso, com apoio do Ocupa MinC e da Associação Matogrossense dos Estudantes Secundaristas (AME), secundaristas participaram do Arraiá das Ocupações,  realizado na última sexta-feira (10), no  Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), no centro de Cuiabá.

Ainda que em ritmo festivo, as lutas estudantis prevalecem. Escolas que tinham como pauta o “Fora Temer” integraram o evento, que teve shows, a tradicional quadrilha, jogos e apresentações. A Primavera Secundarista foi um dos pontos evidenciados durante a celebração.

Juarez França, presidente da AME, esclareceu o objetivo da comemoração. “Tínhamos o propósito de arrecadar fundos para as ocupações e também de demonstrá-las para a sociedade Matogrossense. Foi um acontecimento muito bacana!”, explicou.