Nota da UBES sobre o massacre homofóbico em Orlando

50 mortes de milhões de vidas

A União Brasileira dos Estudantes Secundaristas se solidariza com os familiares e amigos das vítimas do atentado contra a população LGBT na madrugada deste domingo (12/6), na boate Pulse, em Orlando, (EUA).

A juventude repudia qualquer ação de LGBTfobia, violência e intolerância. A diretoria LGBT da UBES reafirma a luta da entidade contra a homofobia nas escolas, nas ruas e em todos os espaços.

Segundo os dados amplamente divulgados, 50 pessoas morreram e outras 53 ficaram gravemente feridas no atentado, o maior massacre dos EUA desde o atentado às Torres Gêmeas em 11 de setembro de 2001. Ambos se caracterizam pelo ódio, desta vez, ódio às diferentes orientações sexuais e identidades de gênero.

A UBES segue firme no seu posicionamento contra todas as formas de violência no Brasil e no mundo, se posicionando em defesa dos direitos humanos.

Diretoria de Políticas LGBT da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas.