Na Paraíba, congresso estudantil elege nova diretoria da AESP

Fórum reivindicou melhorias nas escolas e passe livre estudantil

13432309_1136820846375199_461902250331536204_n

Tendo como mote de luta a defesa da educação e da democracia, nos dias 9 e 10 de junho, aconteceu o 8º Congresso da Associação dos Estudantes Secundaristas da Paraíba (AESP), na escola Doutor Hortêncio de Sousa Ribeiro (Premem), em Campina Grande.

Com secundaristas de todo estado, a programação do evento contou com debates sobre educação, redução da maioridade penal, combate à LGBTfobia, machismo e racismo.

Com a presença do diretor de desenvolvimento estudantil da Secretaria de Educação do Estado, Túlio Serrano, os estudantes cobraram do governo melhorias na infraestrutura das escolas e passe livre estudantil para os estudantes da rede estadual.

O estudante do colégio Cônego Francisco Gomes, André Alves, foi eleito presidente da entidade. Segundo o jovem, o próximo período será marcado pela luta contra o sucateamento da educação. “Saímos do congresso com o desejo ainda maior de transformar a educação pública, contra a falta de merenda, professores e até água por conta da estiagem. Também precisamos fazer o debate urgente sobre o passe livre e o combate à evasão escolar”, declarou.

André destacou ainda a luta da AESP contra a perda de direitos e ameaças à democracia. “O direito democrático será defendido assim como o Pré-Sal para educação que está na mira dos cortes. Entendemos que, para atender às metas colocadas pelo Plano Nacional de Educação (PNE), esse investimento será imprescindível pra darmos um salto de qualidade na educação pública”, encerrou.