Estudantes convocam ”Dia Nacional de Paralisação pela Democracia” para esta quinta

Ações acontecerão dentro e fora de universidades e escolas para dizer não ao golpe

Ruas, escolas e universidades de todo país serão palco de uma série de manifestações nesta quinta-feira (28) com o objetivo de denunciar uma ruptura constitucional e democrática no país, “um golpe”, como destaca o documento aprovado pelos diretores da União Nacional dos Estudantes, divulgado na semana passada.

O “Dia Nacional de Paralisação em Defesa da Democracia” é organizado em parceria com as centenas de comitês universitários de resistência democrática que foram construídos dentro das instituições e têm promovido diversas atividades desde que o golpe avançou no país.

A diretora da UBES, Jéssica Lawane, afirma que os estudantes secundaristas vão mostrar sua força nas ruas. “As escolas e os secundaristas de norte a sul do país estarão mobilizados e ocupando as ruas em defesa da democracia”, disse.

Estão programadas manifestações nos restaurantes universitários, na porta das faculdades e das escolas, atos nas salas de aula, atividades culturais, marchas, aulas públicas e assembleias que devem mobilizar toda a comunidade acadêmica de estudantes, professores, funcionários e técnicos-administrativos.

CUNHA CORRUPTO, TEMER CONSPIRADOR

Para os estudantes, o processo de impeachment não tem base legal e, além disso, é ilegítimo por ter sido conduzido na Câmara dos Deputados pelo réu e corrupto Eduardo Cunha, além de tramado pelo vice-presidente Michel Temer, “que conspira e quer levar adiante um projeto extremamente conservador e atrasado, com uma agenda neoliberal radical.”

“Enfrentaremos cada batalha contra o golpe institucional, inclusive no Senado Federal. Porém, caso esse cenário se confirme, a União Nacional dos Estudantes não reconhecerá a presidência da república. O vice-presidente não tem legitimidade porque assumirá o governo através de um golpe institucional, no qual é um dos maiores conspiradores.”, reforça o texto divulgado pela UNE.

ATOS NAS UNIVERSIDADES

Região Sul:
Santa Catarina – UDESC, UFSC e IFSC irão fechar a entrada das instituições e realizar passeatas.
Paraná – Na UFPR haverá um ato no prédio da Reitoria. A Unila será fechada.
Rio Grande do Sul – Passeata da UFRGS

Região Sudeste:
Rio de Janeiro – Manifestação no prédio da Faculdade Nacional de Direito (UFRJ)
São Paulo – UNICAMP receberá a caravana da UEE

Região Centro-oeste:
Goiás – Ato na PUC e UFG
Distrito Federal – Assembleia Geral com 15 cursos na UnB

Região Nordeste:
Pernambuco – UFPE, UFRPE e UPE paralisarão as atividades
Ceará – UFC paralisará as atividades, Unifor terá passeata

Região Norte:
Maranhão – Estácio, CEUMA e FACAM realizarão passeata unificada
Pará – Assembleia dos estudantes da UFPA e UEPA

Saiba mais no evento do Facebook.

ATOS NAS ESCOLAS

Recife (PE) – Escola Luiz Delgado

Cuiabá (MT) – Escola André Avelino

Vitória (ES) – Colégio Estadual do Espírito