Estudantes capixabas levantam bandeira da democracia

Em congresso estudantil, secundaristas aprovam nota em defesa da liberdade democrática

No último sábado (7), no auditório da Faculdade do Cricaré ocorreu o 2º Congresso da União Municipal dos Estudantes Secundaristas de São Mateus (UMES). O evento estudantil contou com a presença de lideranças estudantis do Espírito Santo, como a UESES, mobilizando os secundaristas para definir as principais pautas da próxima gestão no município.

Além de debater as pautas da educação e eleger o novo presidente da entidade – o secundarista Daniel Leonardo, da Escola Wallace Castelo Dutra -, o fórum também se posicionou sobre cenário político brasileiro.

“Os jovens que sempre se posicionaram em defesa do Brasil, devem mais uma vez enfileirar as trincheiras pela manutenção da soberania nacional e contra qualquer tipo de retrocesso”, diz trecho de resolução aprovada.

Leia na íntegra:

RESOLUÇÃO DE CONJUNTURA POLÍTICA DA UMES DE SÃO MATEUS

No atual momento da conjuntura, a União Municipal dos Estudantes Secundaristas de São Mateus deve se posicionar mediante ao verdadeiro golpismo que se instalou às sombras do Congresso Nacional do Brasil.

A necessidade de tomar as ruas por mais direitos, liberdade e democracia é o que deve mover a entidade nesse momento de caos político no país. Os jovens que sempre se posicionaram em defesa do Brasil, devem mais uma vez enfileirar as trincheiras pela manutenção da soberania nacional e contra qualquer tipo de retrocesso que possa vir para o movimento estudantil e social.

Tendo em vista a importância primordial de defender a democracia e o país, bem como fizeram a UBES e a UESES, a UMES se posiciona contra o golpe institucional em curso no Brasil e declara resistência aos que se posicionam pela entrega das nossas riquezas e da nossa soberania.