Caravana de Grêmios da UBES mobiliza mais de 10 mil estudantes no Maranhão

Depois de montar a organização estudantil, secundaristas se preparam para o 3º Encontro de Grêmios da UBES que acontecerá em Fortaleza (CE), em janeiro de 2017

Completa um mês, nesta segunda-feira (5), desde o lançamento da Caravana de Grêmios realizada pela UBES. Com o tema “A Juventude do Maranhão pede passagem”, a primeira caravana da entidade realizada em parceria com o Governo do Estado passou por escolas maranhenses promovendo oficinas, palestras e debates com estudantes do ensino médio de toda a rede estadual.

Os diretores da UBES compartilharam com mais de 10 mil estudantes a importância da democracia nas salas de aula e o direito à livre organização, esclarecendo o passo a passo para fundação do grêmio estudantil. Em diversas escolas a juventude já se prepara para o 3º Encontro de Nacional de Grêmios que acontecerá em Fortaleza (CE), de 29 de janeiro a 1ª de fevereiro de 2017. Saiba mais aqui.

A UBES, que conquistou a Lei do Grêmio Livre em 1985, assumiu a linha do projeto de forma inédita, ajudando a coordenar as atividades da Caravana em escolas sede que recebem a programação das atividades. Depois de mobilizar diversas instituições de uma mesma região, o ônibus da Caravana levou os representantes de turma às unidades sede onde há troca de experiências e oportunidade para o protagonismo estudantil.

A caravana envolveu, além da UBES, a Associação Maranhense dos Estudantes Secundaristas (AMES), Central Única das Favelas (CUFA), representantes de diversas secretarias, entre elas a de Juventude, Cultura, Saúde, Educação e Esporte.

O GRÊMIO PARA MUDAR A ESCOLA

A estudante do 3º ano do Centro de Ensino Professora Maria Pinho, em São Luís, Rayssa da Conceição, conta que ainda este ano o grêmio da sua escola será fundado. Ela esclarece que seus colegas já têm reivindicações que serão defendidas pelo grêmio.

“O grêmio é um caminho para transformação das escolas públicas, queremos resolver o problema do nosso prédio que é alugado porque o original não tem estrutura. A diretora falou que as aulas começarão atrasadas no próximo ano e nós permanecemos com problemas como a falta de recreio e gincanas por falta de espaço”, explica Rayssa sobre os desafios do grêmio.

O estudante do 2º ano do Centro de Ensino Professora Maria Pinho, Francisco Serra, diz que participou de diversos debates sobre igualdade de gênero previstos na programação da caravana. Ele conta que seus colegas estão realizando a campanha pró-grêmio junto com as mobilizações pela eleição do diretor. “Foi maravilhoso participar dessa imersão com outras escolas, abrindo diálogo sobre temas que não conhecemos. Queremos um ambiente de aprendizado mais prático, mais humanizado, fortalecendo o debate de ideias e solução de problemas, para isso, fortalecer o diálogo com estudante, professores e direção”, definiu Francisco.

30603628201_6cd5929651_o

EMPODERAMENTO ESTUDANTIL

Segundo a estudante do colégio São José de Ribamar, Flávia Andreyna, a Caravana de Grêmio trouxe um novo olhar para sua vida. A estudante que só ouviu falar da organização estudantil em filmes e durante as ocupações da Primavera Secundarista, se engajou nos debates da Caravana, concorreu nas eleições de sua escola e foi eleita presidenta do grêmio de sua escola na última sexta-feira (2).

“Durante as atividades aprendi um pouco mais sobre gênero e diversidade, me interessei para saber sobre o grêmio estudantil e fiz amizade com os diretores da UBES. Agora tenho em vista muitas melhorias para escola”, diz Flávia.

A diretora de Comunicação da UBES, Fabíola Loguercio, destaca o papel da Caravana para repensar a educação no Maranhão com o protagonismo estudantil que já prepara o estado para o 3º Encontro Nacional de Grêmios.

“Num momento de crise da nossa democracia, a Caravana é simbólica e importante. Enquanto estudantes ocupam suas escolas em diversas regiões do país para serem ouvidos, no Maranhão tem sido diferente. Os secundaristas participam ativamente das atividades em suas escolas, podem tomar as decisões e participar desses processos escolares nas suas cidades e do seu estado. É muito simbólico dar ao povo o que é deles por direito, o poder de decidir, votar e participar!”, diz Fabíola.

15369760_1027818327326878_1766983055_o

ATO DE ENCERRAMENTO DA CARAVANA

Depois de passar por 19 municípios, a Caravana de Grêmios da UBES será encerrada na próxima quarta-feira (7), na Casa do Maranhão e a Praça Beira Mar, no Centro Histórico de São Luís. A grande atração esperada para o encerramento é o show do cantor Tico Santa Cruz, que às 16h subirá ao palco para dar o tom ao evento, que contará, ainda, com a apresentação do grupo de Cacuriá Negrete de Viana, show de reggae com a cantora Núbia e discotecagem com a DJ Nega Glícia.


PARTICIPE DO 3º ENCONTRO DE GRÊMIOS

Entre os dias 30 de janeiro e 1º de fevereiro, a UBES desembarca em Fortaleza (CE) para realizar o 3º Encontro Nacional de Grêmios. O evento, que irá reunir as lideranças estudantis de todo o Brasil, tem como objetivo construir uma ampla discussão sobre temas que envolvam educação, debatendo ainda, a atual conjuntura do país. Na programação, estão previstas atividades culturais, atos políticos, grupos de discussão, além da plenária final, que irá organizar e votar as pautas que foram discutidas nos debates realizados durante o encontro.

Acesse o evento aqui.