8 passos para ocupar sua escola

Saiba como ocupar e integre a causa estudantil que se compromete com a construção de uma educação pública de qualidade

Desde que o atual governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, articulou uma reorganização escolar por todo estado, que realocaria estudantes em novos colégios e fecharia instituições de ensino de modo totalmente autoritário, o movimento estudantil foi às ruas e ocupou escolas para denunciar a medida opressiva e arbitrária de Alckmin. Após esse episódio, as mobilizações da Primavera Secundarista se inflamaram por todo o Brasil reivindicando um direito constitucional de todos os cidadãos: a educação pública, gratuita e de qualidade.

Assim, como forma de protesto contra o sucateamento do ensino, secundaristas de todo Brasil passaram a utilizar as ocupações de escolas e espaços públicos como ferramenta estratégica de resistência, com objetivo principal de jogar luz à precária situação do ensino no país, chamando a atenção da sociedade e das autoridades.

Considerando a causa do movimento estudantil legítima e necessária, a UBES lança um passo a passo para que você também ocupe e resista pelo ensino gratuito de qualidade. Fique ligado!

COMO OCUPAR_