Nota de falecimento Professor Carlão, um expoente na luta pela educação

UBES apresenta suas condolências diante do falecimento de uma dos grandes atores da luta pela educação pública e de qualidade no Brasil

O professor Carlos Ramiro de Castro, conhecido como Carlão da Apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo), faleceu na manhã da ultima quinta (5). Presidente da entidade entre os anos de 2002 e 2008, o professor se destacou na luta em defesa dos professores e da educação pública e de qualidade. Sendo homenageado no 20º Congresso da UMES por sua luta incansável por um país mais justo e soberano.

Professor aposentado de Ciências e Biologia, Carlão foi eleito para a diretoria da Apeoesp em 1991, exercendo a função de secretário de Organização para o interior, cargo que ocupou durante oito anos. Em 1999, ingressou na Diretoria Estadual Plena e no Conselho Estadual de Representantes da entidade sindical paulista. Em 2002, foi eleito presidente da Apeoesp e reeleito em 2005.

Fora da Apeoep, Carlão ocupou o cargo de vice-presidente da CUT no estado de São Paulo, foi suplente do senador Eduardo Suplicy (PT),  assessor do Ministério da Educação, além de ter sido um dos idealizadores do SINP (Conselho de Política e Remuneração do Funcionalismo Público Estadual).

O homem e seu legado

“À família e amigos prof. Carlos Ramiro de Castro, Carlão, ex-pres. APEOESP, meu Suplente, meus sentimentos de pesar”, publicou o senador Eduardo Suplicy através da sua página pessoal no Twitter.

O Ministro Aloizio Mercadante também destacou sua participação. E sua luta, que permanece como um legado a todos os estudantes, foi lembrada na abertura do 14ª CONEG da UBES, em Brasília, por sua participação através dos anos.

O professor Carlão lutava contra as sequelas de uma diabetes. O velório foi realizado hoje (5), a partir das 17h30, no Auditório Florestan Fernandes, na sede da Apeoesp (Praça da República, 282). O sepultamento acontecerá nesta sexta-feira (6), na cidade de Braúna, região de Araçatuba.